ALMA PARA A SOUL MUSIC



É interessante a forma como certos artistas chamam a sua atenção, mas você fica um bom tempo a procura de material referente a ele sem encontrar quase nada. A internet e seus 4-shared, pirate bay e outros torrents da vida estão me ajudando a botar em dia muitos assuntos pendentes nesse sentido. Um desses assuntos atende pelo nome de Curtis Mayfield.

Sempre ouvi muita coisa do cara, muitas referências a ele, samplers de suas musicas em diversos discos, de Beast Boys a Snoop Doggy Dogg, passando por Racionais MC's. Além disso, conheço bem o trabalho de outros artistas que foram diretamente influenciados por ele, como Prince, Jamiroquai, Sly & The Family Stone (pra ficar nos mais óbvios). Mas disco do cara mesmo, conhecia só um: "Superfly" (que foi trilha sonora do filme de mesmo nome) e algumas músicas em coletâneas da Gravadora Rhino.

Pois então, fuçando em sites de torrents por aí, eis que me deparo com uma coletânea exclusiva dele, "The Very Best Of Curtis Mayfield", que cobre quase todas as fases de sua brilhante carreira solo, e que foi lançada pela Rhino em 1997, talvez pegando carona no lançamento de seu último álbum "New World Order" no mesmo ano. O músico viria a falecer em 1999.

Se você quer saber mais sobre a biografia do cantor, vá até a página sobre ele na Wikipédia. Aqui falaremos da música.

No panteão dos grandes nomes da Soul Music, muitas vezes esse cantor, produtor, compositor e multi-instrumentista vem sendo renegado. Tipo de injustiça comum no showbizz. Com vinte e três álbuns de estúdio e mais quatro ao vivo, tendo produzido discos de outros artistas do naipe de Aretha Franklin, a qualidade do seu trabalho é inegável.

Além da habilidade como instrumentista, a sensibilidade da sua bela voz e a genialidade das canções (sendo um dos primeiros a abordar temas sociais dos guetos negros norte-americanos), Curtis Mayfield vem influenciando gerações de músicos, ligados à música negra ou não, no mundo todo.

Nesse "The Very Best Of", encontramos o Curtis Mayfield recém saído dos The Impressions, começando em grande estilo sua carreira solo nos anos 70 e o Curtis Mayfield no auge da carreira com "Superfly". Os arranjos precisos (ele sabia fazer bom uso da percussão e do nipe de cordas como ninguém no Soul), as letras engajadas e a voz envolvente que fizeram de Curtis Mayfield um dos artistas negros mais respeitados de todos os tempos estão presentes nessa coletânea.

Pois bem, nobres amigos de botequim, se vocês ainda não conhecem o som desse mestre do Soul de alma iluminada, essa coletânea é um bom começo. Onde baixar? Clique aqui e vá direto ao Pirate Bay, o melhor site de torrents que existe, e divirta-se. E se alguém pegar mais algum disco dele, faça o favor de deixar o link nos comentários.

Valeu e até o próximo post.

1 comentários:

Fábio Elionar 20 de março de 2010 17:00  

Ganso, não entendi sua pergunta no PALAVRA NÁUFRAGA, dá para explicar?

Postar um comentário

Mercado Livre

"Quando o processo histórico se interrompe... quando a necessidade se associa ao horror e a liberdade ao tédio, a hora é boa para abrir um bar."
W. H. Auden